Entrevista ao Menino Jesus

autor

Daniel Luís

contactarnum. de artigos 103

Seguindo a moda iniciada pelo professor Marcelo Rebelo de Sousa, também eu decidi convidar alguém para abrilhantar este espaço “Dissidências”. E quem melhor do que o Menino Jesus, para nos oferecer a todos nós a sua leitura do ano de 2010, assim como algumas previsões para o ano de 2011? Os críticos mais ferozes desta coluna dissidente (porque também os há) dirão que esta entrevista faria mais sentido na semana passada. Na semana passada? Mas o Menino Jesus só nasceu no dia 25 de Dezembro. Ignorantes!

Daniel Luís (DL): Antes de mais, quero agradecer-te meu Menino Jesus a tua presença aqui no presépio do Correio do Minho, para me concederes esta entrevista num rigoroso exclusivo “Dissidências”.
Menino Jesus (MJ): Foi para isso que me pagaste as 10 mil mocas, certo? Para te conceder um exclusivo…

DL: Bem… adiante, porque já vi que 2010 anos de nascimentos contínuos te deram alguma pedalada para estas negociatas da vida terrena. Em primeiro lugar, os teus pais sabem que estás aqui, no presépio do Correio do Minho certo?
MJ: Bem… mais ou menos. Disse-lhes que ia a Priscos ver o Presépio ao Vivo. Já ouvi dizer que é um dos melhores de Portugal. Mas que interessa isso do papá e da mamã? Eles também não lêem jornais e muito menos jornais portugueses.

DL: Então, diz-me lá meu Menino Jesus, que factos e acontecimentos queres destacar no ano de 2010?
MJ: Quero aqui destacar dois acontecimentos deveras insólitos, ocorridos em 2010. No meu tempo, usávamos os burros para realizarem as tarefas mais pesadas. Ora, nos tempos actuais, constato que os burros são usados para realizarem as tarefas menos pesadas e mais bem remuneradas, tais como a governação de um país. Basta olhar para a constituição do vosso parlamento, por exemplo. Aquela récua de burros mais não tem que conduzido o vosso país para o abismo, para a bancarrota… Um segundo acontecimento insólito, ocorrido em 2010, que eu quero aqui destacar tem a ver com o facto de o Vice-Prefeito de Jerusalém, Yitzhak Pindrus, ter pedido autorização policial para organizar uma manifestação de burros (burros mesmo) na cidade no mesmo dia da parada do orgulho gay, pois em sua opinião, tanto os gays quanto os burros são seres inferiores e dignos de desprezos. Isto é inadmissível, porque, conforme vê, apesar de eu ter nascido há já 2010 anos, os burros ainda continuam sendo encarados como seres inferiores… Uma vergonha!

DL: Mais algum acontecimento de 2010 que queira destacar aqui?
MJ: Já que me é dada a oportunidade, quero aqui destacar e manifestar a minha repugnância pelo fim da revista “Playboy” apenas porque esta deliciosa revista para adolescentes com borbulhas na cara se lembrou de publicar uma singela homenagem a esse grande vulto da cultura espanhola, José Saramago, com destaque para a obra que fez de mim uma pessoa de carne e osso, mais humana, com desejos e pronto a dar uma bela trincada numa mulher, o que é justo, não concorda? Afinal não sou de ferro!

DL: Bem meu Menino Jesus… O melhor mesmo é passarmos adiante, porque esta entrevista vai ser publicada numa cidade conhecida pela ‘Cidade dos Arcebispos’ e acho que as declarações do Menino poderão ser mal-interpretadas. Muito sinteticamente, diz-me Menino Jesus, como pensas que vai decorrer o ano de 2011 aos portugueses?
MJ: Queres que diga a verdade?

DL: Ora essa. Claro que sim!
MJ: O ano de 2011 vai ser uma *erda para os portugueses, com o desemprego a subir, a miséria e a fome a aumentarem e a esperança no futuro a cair a pique. Uma desgraça! Só os burros verão o seu nível de vida a crescer… Ah, é verdade, José Sócrates vai ver concretizado o seu sonho, ou pelo menos, uma parte do seu sonho: meio-quilómetro de TGV entre Poceirão e Fernando-Pó…

DL: Muito obrigado meu Menino Jesus por esta entrevista! Se calhar, o melhor mesmo é ficarmos por aqui, antes que o nível de esperança dos portugueses no futuro bata lá mesmo no fundo, e depois é que não há nada a fazer…
MJ: Sempre podeis rezar e ir à missa… além de manter a chama da esperança.

vote este artigo

 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos desta categoria -

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia