Sorteio, sorte e sabedoria

Ideias

autor

Paulo Ferreira

contactarnum. de artigos 23

Hoje proponho três breves notas que tocam áreas distintas mas interligadas. Começo por um sorteio que assinala um (senão mesmo o) ponto fulcral num evento que irá marcar o verão na cidade de Braga. Refiro-me ao Campeonato Mundial Universitário de Futsal que vai decorrer de 18 a 25 de Agosto em vários locais da cidade minhota.

Das dezasseis equipas masculinas presentes no sorteio, Portugal encabeça o grupo A como anfitrião e medirá forças com a França, o Azerbaijão e o Irão. O Brasil, campeão mundial universitário em título, lidera o grupo B com Omã, a Espanha e o Cazaquistão. A Rússia está no grupo C juntamente com a República Checa, a Nigéria e a China, e por fim o grupo D está composto pela Ucrânia, a Tailândia, Israel e a Polónia. A competição feminina serviu para ordenar as equipas presentes que, em menor número, irão disputar a competição num formato diferente. Assim sendo, temos Portugal, o Brasil, a Rússia, a Espanha e a França.

Os jogos terão lugar no pavilhão da Universidade do Minho em Gualtar, no pavilhão Flávio Sá Leite e no Parque de Exposições de Braga, seguramente com excelentes jogos em perspectiva nas competições masculina e feminina.

O evento destaca-se ainda pelo facto de integrar um número significativo de projectos paralelos que visam qualificar ainda mais não apenas o evento mundial universitário em si, mas também todos os que nele irão participar - atletas, oficiais, organizadores e também espectadores e apoiantes. Tocará às equipas mais fortes a sorte de erguer o troféu e sustentar o almejado título de Campeão Mundial Universitário 2012.

Sorte será também factor determinante noutro evento que se inicia esta semana, desta feita refiro-me ao Campeonato Mundial Universitário de Taekwondo que decorrerá na Coreia, terra natal desta arte marcial milenar.

Portugal estará representado com uma delegação que conta também com representantes da Universidade do Minho. Se bem que a nível nacional esta instituição tem dominado a modalidade, em termos internacionais as exigências são outras, muito mais num evento que se propõe a estabelecer novos recordes de participação de atletas e oficiais, bem como de países representados. Por certo que os atletas lusos darão o seu melhor que, em muitos casos, tem sido de elite mundial - assim esperamos pois mais alegrias desportivas nunca são demais.

O ano promete com o Campeonato de Europa em futebol, logo seguido dos Jogos Olímpicos. Será oportunidade de observar se as políticas desportivas que têm sido implementadas pelos sucessivos governos e seguidas pelas federações nacionais desportivas e comité olímpico são de sucesso ou se necessitarão de análise mais cuidada e, quem sabe, quantificada por objectivos e responsabilização criteriosa. Prevejo um verão quente ao nível da temática politico-desportiva. Será a vez da sabedoria vir ao de cima e, esperamos todos, que seja com virtude e nobreza na sua lição. Boa sorte a todos!

vote este artigo

 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos desta categoria - Ideias

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia