Destinos de férias

autor

Daniel Luís

contactarnum. de artigos 103

Pois é estimado leitor… chegámos às últimas ‘dissidências’ desta temporada, por isso nada melhor do que deixar aqui umas dissidentes sugestões de destinos de férias para todos os gostos e, claro, muito baratinhas, porque os tempos não são de grandes gastos...

Se quer passar umas férias de Verão, longe das praias, pegue na sua família e na sua tenda de campismo e rume até à relva defronte do Palácio de S. Bento em Lisboa. Se for desempregado não se esqueça de levar consigo um megafone para se fazer ouvir perante os deputados da nação.

Aproveite ainda para contemplar toda a beleza deste edifício de estilo neoclássico, construído em finais do século XVI como mosteiro beneditino. Instalações sanitárias? Use as do parlamento. Afinal o parlamento é do povo! E faça o mesmo em relação às refeições pois será muito bem servido, ou não usufruíssem os parlamentares portugueses de uma ementa de luxo da qual consta, a título de exemplo, perdiz, porco preto alimentado a bolota e lebre. E de noite terá divertimento assegurado, dada a sua proximidade com o Bairro Alto. Uma opção de férias a considerar…

Ir a banhos na banheira de sua casa em pleno Agosto é uma experiência rara. É impressionante como um banho relaxado na sua habitual banheira lhe pode saber às mil maravilhas, com um ordinário sabão azul e branco. Esqueça a poupança da água, esqueça a rápida chuveirada, e mergulhe calmamente na sua querida banheira, não se esquecendo de bater os pés e as mãos para que se faça espuma, porque o sabão azul e branco é lixado para fazer espuma, é preciso bater muito…

E que tal descobrir nestas férias, a partir de uma espécie de peregrinação, o crente que há em si? Pegue em si, num cajado e meta pés ao caminho, rumo a Fátima ou a Santiago. Além de ser económico e ecológico, também vai conhecer a beleza escondida de muitos lugares, na sucessão de curvas, nos montes agrestes, nos camiões parados à beira das prostitutas. E, quem sabe, ganhe um lugarzinho no céu…

Por vezes há um paraíso mesmo ao lado de nós, ou por baixo de nós, ou por cima de nós, e nós nem damos conta disso. Este ano, porque é que, simplesmente, não experimenta trocar de casa com o seu vizinho? Vai ver que vai viver uma experiência única, uma experiência fantástica e inesquecível para o resto da sua vida. Imagine o prazer que não lhe vai dar usar a cama do seu vizinho, ver os filmes no plasma do seu vizinho, beber os vinhos do seu vizinho, sentar-se com os pés em cima do sofá do seu vizinho, bisbilhotar as gavetas todas do seu vizinho, mijar a tampa da sanita toda ao seu vizinho, etc. Afinal o paraíso pode estar aqui tão perto de nós…

Se procura experiências radicais, plenas de adrenalina, nestas férias, então porque não percorre a estrada nacional 125 entre Vila Real de Santo António e Lagos? As probabilidades de ter um acidente são elevadíssimas, principalmente desde que o Governo colocou portagens na Via do Infante e mais de 60% do trânsito “fugiu” para esta estrada. Boa sorte!

Se gosta de fazer amor, mas durante o ano não tem tempo para se dedicar o quanto gostaria a esta nobre e deliciosa actividade, então porque não aproveitar as suas férias para fornicar a torto e a direito? Ah, é verdade, o/a seu/sua parceiro/a não tem férias coincidentes com as suas? Problema seu. Desenrasque-se!

A adrenalina do burro a rasgar os quilómetros do caminho calmo de Miranda do Douro depressa se transforma numa procura animada por burras, pois o danado do burro lembrou-se agora das burras. E burras nem vê-las. Talvez lá para a zona de Lisboa… Esta é mais uma proposta de férias: percorrer Portugal de lés a lés de burro. Uma proposta divertida e uma belíssima opção para os amantes do turismo vagaroso…

Se sempre sonhou embrenhar-se no exotismo mesmo exótico, mas daqueles exotismos que nos deixam mesmo de olhos em bico, então não pode deixar de visitar os coretos, as igrejas e as capelinhas existentes em cada cidade, em cada vila, em cada aldeia, sem descurar, claro, os usos e costumes dos nativos. Um “must”…
Fico-me por aqui, desejando umas excelentes férias para o meu estimado leitor e para a minha querida leitora.  

vote este artigo

 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos desta categoria -

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia