Descobrir o caminho do sucesso pessoal e profissional

Ideias

autor

Alexandra Corunha

contactarnum. de artigos 5

'Nas grandes batalhas da vida, o primeiro passo para a vitória é o desejo de vencer!'
Mahatma Gandhi

Era uma vez… uma menina que vivia, no interior do país, com uma sede de conhecimento e de vencer na vida enormes. Sabia que estudar e querer saber sempre mais seria o melhor caminho para poder voar mais longe. Durante a sua adolescência, essa vontade foi crescendo e o seu sonho era tornar-se uma pessoa instruída, culta e capaz de estar à altura de qualquer desafio. Lia muito, estudava imenso para conseguir, um dia, entrar na universidade. Sim, ela sabia que tinha de dedicar tempo e esforçar-se para “ser alguém” na vida.

Nas férias grandes, no seu tempo de três meses, como não havia muita diversão, excetuando no mês de agosto, em que os emigrantes chegavam e davam mais alegria às ruas da calçada e onde as festas nas aldeias lhes permitia dançar, uma das coisas que mais adorava fazer, os livros eram o seu alimento e fantasia. A criatividade e maturidade na escrita foi-se revelando e as suas composições nas aulas de português eram sempre lidas perante a turma.

Chegou o tempo da universidade; cinco anos de um percurso bem-sucedido, tendo ganho vários prémios de mérito escolar e uma bolsa Erasmus para estudar no estrangeiro. Vivia-se, então, um ambiente de entreajuda e solidariedade entre os colegas e de esperança quanto ao futuro. O mundo era povoado de múltiplas cores e sonhos para a menina que se tornou mulher e cientificamente pronta para ingressar no mercado de trabalho.

A verdadeira desilusão que teve quando começou a trabalhar foi o ambiente de competição desenfreado entre colegas que procuravam singrar, alguns sem olhar a meios e a alguns princípios e valores éticos basilares. Cedo aprendeu que não estava suficientemente preparada para o modus faciendi das empresas e de seus colaboradores, e que tinha de adquirir outras competências para enfrentar as adversidades e desafios do meio profissional, sem nunca perder a sua personalidade e espírito crítico, respeitando sempre os colegas e demais chefias.

O empenho, sentido de responsabilidade, dedicação e a energia que sempre teve durante os seus estudos, aplicou-os também no seu trabalho enquanto profissional, sendo valorizados pelos seus superiores hierárquicos, naqueles breves momentos designados “uma palmadinha nas costas”, que são, muitas vezes, mais do que reconhecimento, um alimento fundamental na roda da cadeia laboral.

Com o passar dos anos, ela percebeu que a automotivação é condição sine qua non para qualquer profissional e uma das competências comportamentais mais valorizadas pelas empresas e instituições. Um dia, após um período de reflexão, dedicou-se a tentar encontrar uma “fórmula psicológica” para a automotivação, em tempos mais descoloridos, sem pretensão de aplicá-la a um grupo de estudo. O resultado a que chegou não é científico, mas sim o resultado de vários anos de experiência profissional em diversas áreas de atividade e vivências pessoais e sociais que reforçaram a sua tenacidade e capacidade de adaptação.

Se, (Determinação em vencer + Entusiasmo no trabalho) x (Optimismo)2 = Automotivação.
Logo, (Know-how científico e técnico + Empenho/Dedicação) x (Competências Comportamentais, Sociais e Motivacionais =» “Soft skills”)2 = Sucesso pessoal e profissional. Obviamente que este caminho faz-se caminhando. E foi novamente no meio escolar que aplicou e reforçou, como profissional, estes elementos, na EPB - Escola Profissional de Braga.

Todos os colaboradores da Escola Profissional de Braga, com particular incidência dos professores das componentes técnicas e socioculturais, promovem junto dos alunos a importância das “Soft Skills” como uma mais-valia na sua valorização enquanto técnicos e pessoas, e reforçam-na, ainda mais, antes dos jovens formandos entrarem em contacto com o meio empresarial, através dos dois estágios - formação em contexto de trabalho - que a escola proporciona (um no 2º ano e outro no 3º).

A EPB conhece as necessidades do tecido empresarial da região, fruto também da relação estreita que os coordenadores de curso e professores acompanhantes dos estágios estabelecem com os diretores e tutores das empresas e instituições, e os perfis dos profissionais que procuram. Os protocolos de cooperação existentes com múltiplas empresas, organizações e instituições são um valor acrescentado na sua dimensão regional e transnacional da formação (estágios também em vários países europeus) e que distingue a EPB como uma instituição preocupada com todas as vertentes do saber dos seus formandos.

Na EPB o lema é: “O Sucesso do teu futuro depende de ti. Constrói o teu!” e, na verdade, aqui os jovens alunos, profissionais de amanhã, que percorrem um caminho de três anos são dotados de ferramentas e aprendizagens que os preparam para enfrentar os desafios do mercado de trabalho cada vez mais competitivo.

A outrora menina gostaria que muitas meninas e meninos lutassem pelos seus sonhos, sabendo que, por vezes, há que atravessar desertos para encontrar a “terra prometida”, mas que vale a pena sermos perseverantes nesse caminho árduo do conhecimento que nos conduzirá ao êxito. Ela sabe, hoje, mais do nunca, que a aprendizagem é uma constante da vida e que a fórmula pode evoluir, com novas variáveis e componentes, e de acordo com o perfil e experiência de cada um, mas os princípios básicos mantém-se. Ela continua a aprender diariamente e a acreditar que o mundo pode ser mais colorido, se formos honestos, leais, lutadores e detentores de um espírito de cooperação e entreajuda.

vote este artigo

 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos desta categoria - Ideias

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia