O processo de criação no Turismo: importância para o Norte

Ideias

autor

Bruno Sousa

contactarnum. de artigos 2

O turismo assume-se como um dos setores económicos cujo grau de envolvimento, por parte do consumidor, é necessário para o seu sucesso. A diversificação dos produtos e dos serviços turísticos torna-se, assim, uma exigência capaz de conduzir a distintas necessidades incluindo oportunidades para um turismo mais sustentável. Nesse sentido, a inovação e o processo de criação assumem-se como fatores críticos no seu desenvolvimento, tanto a nível global como a nível local.
O turismo é um fenómeno em constante mudança, além da sua reconhecida importância para Portugal (não sendo o Norte, nem o Minho, sua exceção). De acordo com a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), no relatório de tendências e políticas de turismo para 2014, Portugal é dos países em que o turismo mais contribui para a economia. Representa, aproximadamente, 9% do Produto Interno Bruto (PIB) e 8% do emprego em Portugal. Também o Plano Estratégico Nacional do Turismo (PENT) considerou a região do Porto e Norte como um dos destinos do país com melhores desempenhos em termos de crescimento, prevendo-se que cresça anualmente a uma taxa de 8,5%, atingindo mais 1,7 milhões de dormidas de estrangeiros em 2015.
Como tal, surge uma necessidade cada vez maior de compreender o consumidor dos destinos turísticos numa tentativa de otimizar a própria oferta, mais ainda num setor de atividade marcado pelo crescimento acentuado nos últimos anos e que, progressivamente, se assume como uma aposta a desenvolver por vários países à escala global. Assim, num mundo cada vez mais global, onde tende a predominar a competitividade e a mudança, a diferença está, tantas são as vezes, na capacidade de criar descontinuidades no ambiente exterior. A grande vantagem (nalguns casos tida como detalhe) está, por vezes, na capacidade de gerar a diferença e de fazer diferente, na capacidade de inovar e na sua propensão para o processo de criação. O sucesso passa, quase sempre, pelo objetivo final, o qual se deverá centrar na aposta de novos produtos, de novos mercados, de novas formas organizacionais e de novas fontes de valor para o cliente, de um modo dinâmico (desempenhando a satisfação do cliente um papel crucial como veículo para a fidelização do consumidor no médio e longo prazo).
Neste domínio, o Norte de Portugal e o Minho não são exceção. Veja-se, como exemplo, a inovação portuguesa (e, particularmente minhota), a Torre Turística Transportável (TTT) da Domingos da Silva Teixeira, S.A. (DST), assumida como um projeto multifuncional de arquitetura sustentável e vocacionado para o turismo de natureza. A iluminação natural que a TTT possibilita contribui, entre outros aspetos, para os índices de sustentabilidade. Como exemplo, temos também as lojas interativas de turismo da Entidade Regional de Turismo Porto e Norte de Portugal. Estas lojas têm como função a promoção e divulgação de pontos turísticos do Porto e Norte de Portugal, através de um conjunto de valências tecnológicas e interativas (inclusivamente junto do mercado galego). As novas tecnologias digitais representam, atualmente, uma das múltiplas expressões em relação ao acesso à informação e à comunicação (não esquecendo, inevitavelmente, a importância dada ao turismo eletrónico (eTourism) e a aplicabilidade do ciberespaço).
O desafio parece, assim, estar lançado. Ao turista caberá a missão de tirar o máximo partido destas potencialidades, ao mesmo ritmo com que as organizações apelam pela diferenciação, pela competitividade e pela transferência de conhecimento.

vote este artigo

 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos desta categoria - Ideias

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia