Flatulência - o incómodo que o ar provoca...

Voz à Saúde

autor

Fátima Costa

contactarnum. de artigos 9

A flatulência caracteriza-se pela sensação de ter maior quantidade de gases no tracto gastrointestinal, que podem ser libertados através de eructações (vulgarmente designados por arrotos) ou através do ânus (gases).

O aumento da quantidade de ar existente no tubo digestivo pode ter origem no ar que é engolido ou através da sua produção no intestino grosso. Como forma de evitar o agravamento da flatulência recomenda-se que coma devagar e mastigue bem os alimentos. Pensa-se que alguns alimentos aumentam a quantidade de ar produzido no intestino grosso.

Exemplos desses alimentos são feijão, grão, repolho, couve de bruxelas, brócolos, espargos, ervilhas, cebola, fruta, sumos e produtos dietéticos sem açúcar, trigo, milho, cevada, leite e seus derivados. A diminuição da ingestão destes alimentos pode contribuir para a melhoria dos sintomas. Para tentar identificar os alimentos que lhe causam mais flatulência pode-se retirar um alimento de cada vez e verificar se há melhoria dos sintomas. Deve evitar as bebidas gaseificadas e as pastilhas elásticas.

Os sintomas associados ao excesso de ar no tudo digestivo incluem: distensão abdominal, dor de barriga, aumento das eructações e do ar libertado pelo ânus.
O tratamento desta patologia passa pela corecção dos fatores desencadeantes. A refeição deve ser efetuada em ambiente calmo, e sem pressa. Nos casos em que a flatulência está associada ao consumo de leite pode dever-se a intolerância à lactose. Optar por leite sem lactose ou efetuar suplementos enzimáticos de lactase podem melhorar o desconforto abdominal. Alguns fármacos podem ajudar no alívio das queixas.

Se os sintomas aparecerem de forma abrupta, se estiverem associados a alterações do trânsito intestinal (diarreia ou obstipação) ou forem persistentes, deve consultar o seu médico assistente.

vote este artigo

 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos desta categoria - Voz à Saúde

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia