SABE - Serviço de Apoio às Bibliotecas Escolares de Guimarães

Ideias

autor

Ivone Gonçalves

contactarnum. de artigos 6

O Programa Rede de Bibliotecas Escolares foi lançado em 1996, pelos Ministérios da Educação e Cultura com o principal objectivo de “ instalar e desenvolver bibliotecas e serviços de biblioteca nas escolas” . O Serviço de Apoio às Bibliotecas Escolares- SABE no concelho de Guimarães iniciou-se nesse mesmo ano, tendo sido encarado desde o inicio como fundamental, uma vez que as Bibliotecas escolares foram sempre assumidas como estruturas essenciais dentro das escolas capazes de desenvolver nos alunos as competências ao nível da aprendizagem, da literacia e das tecnologias de informação.

Ao SABE ( Serviço de Apoio às Bibliotecas Escolares), criado na Biblioteca Municipal Raul Brandão cabe-lhe um importante papel ao nível do apoio técnico na vertente biblioteconómica, na partilha de recursos, na formação dos docentes e do pessoal não docente, no desenvolvimento de actividades de promoção da leitura e na divulgação de boas práticas.
Através da Biblioteca Municipal Raul Brandão e do SABE as escolas beneficiam de condições especiais de empréstimo de fundos documentais e de actividades especificas no domínio da promoção do livro e da leitura e da formação nestas áreas.

Com a criação do SABE pretendeu-se acima de tudo criar uma estrutura capaz de garantir um desenvolvimento sustentado de toda a rede concelhia, garantindo por outro lado que fosse sempre feito um verdadeiro trabalho em rede, com trabalho articulado, potenciando recursos através da colaboração e cooperação entre todos.
A Rede de Bibliotecas Escolares do Concelho de Guimarães integrou já um total de 51 escolas distribuídas por todos os graus de ensino. ( 34 Eb1, 13 Eb23, 4 secundárias)

Para além do apoio que o SABE dá às escolas ao nível das candidaturas para a sua integração na Rede Nacional de Bibiliotecas Escolares, cabe-lhe muitas vezes a aquisição e instalação do mobiliário específico e equipamento audiovisual e informático e ainda a aquisição dos fundos documentais e o seu tratamento técnico, e a permanente construção e actualização do catálogo colectivo concelhio. Cabe-lhe ainda a promoção, desenvolvimento e patrocínio de projectos integradores e diferenciadores ao nível das estratégias de promoção do livro e da leitura.
Ao longo destes anos de trabalho colaborativo com as Bibliotecas Escolares , são inúmeros os projectos que se têm revelado uma mais valia para a escola e para o seu público alvo, os alunos.

Dois exemplos desses projectos:
- No âmbito das Comemorações do Centenário da República realizou-se o projecto Conto Andarilho para os alunos do 9º ano de escolaridade. Este projecto tinha como principais objectivos o conhecimento da nossa história recente, incentivando o trabalho de pesquisa das fontes históricas e o gosto pela leitura e pela escrita. o Resultado deste trabalho foi materializado em livro : “ Uma viagem na República…um conto andarilho”.

- Oficina de escrita Criativa com Jacinto Lucas Pires, “ Orquestra das Palavras” . Uma residência literária de onde nasceu uma história global, editada em livro, “ Ou Sim”, reescrita e reinventada por Jacinto Lucas Pires e construída a partir de histórias criadas em conjunto com jovens estudantes das escolas secundárias de Guimarães .
Continuaremos no futuro a trabalhar no sentido de alcançar o compromisso de construir sempre mais e melhores “Redes de Saber Fazer”.

vote este artigo

 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos desta categoria - Ideias

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia