50 Anos da Biblioteca Fixa n.º 127 da Fundacão Calouste Gulbenkian: O início de tudo…

Ideias

autor

Ivone Gonçalves

contactarnum. de artigos 6

Em 1964, mais concretamente a 16 de Julho, a Direção do CAR (Círculo de Arte e Recreio) enviou à Fundação Gulbenkian - Serviço de Bibliotecas, uma exposição escrita, manifestando o interesse em que Guimarães, através dessa Fundação, pudesse cons-tituir na cidade uma Biblioteca de Leitura Pública à semelhança do que já havia em outras cidades do país. Uma Biblioteca Pública, digna desse nome, que fosse capaz de proporcionar aos vima-ranenses o acesso mais facilitado, mais democrático, ao livro e à leitura.

Esta missiva tinha por isso esse grande objectivo, a instalação de uma Biblioteca Fixa em Guimarães, disponibilizando o CAR uma sala nas suas instalações (à época no Largo João Franco ).
Acompanhava esta missiva uma série de informações relevantes sobre a actividade do Círculo de Arte e Recreio. Atividade cultu-ral que importava referir por se entender que poderia ser determinante na tomada de decisão dos Orgãos Diretivos da Fundação Gulbenkian.

Para além da “consulta bastante expressiva da pequena biblioteca que já possuíam” (Santos Simões,1993) é referida a intensa actividade organizada pelo TERB (Teatro de Ensaio Raul Brandão) que ainda hoje existe e que já na altura tinha um papel relevante de divulgação cultural, junto das camadas populares, representando obras como Raul Brandão, Gil Vicente, Shakespeare, Moliére e Tchekov.

A 3 de Outubro de 1966 tem lugar a inauguração da Biblioteca Fixa da Fundação Calouste Gulbenkian a funcionar no CAR, no 19A-2.º, em regime de leitura local e domiciliária.
A equipa motora de toda esta iniciativa foi constituída por Jaime Martins, da Direção do CAR, Joaquim Santos Simões e Joaquim Fernandes. Ao longo do tempo outras pessoas se foram juntando, conseguindo, num verdadeiro espírito de solidariedade, garantir a orientação e acompanhamento dos leitores, a arrumação diária dos livros, o controlo dos empréstimos domiciliários.

A par destas actividade diárias, foram organizadas iniciativas culturais próprias e outras em parceria com as que o CAR ia desenvolvendo, algumas delas de relevante importância para a cidade e para a região, destacando-se por exemplo, o Colóquio orientado pelo Dr. António Quadros, sobre literatura e poesia, o Recital de poesia pelo ator Fernando Frias ou ainda a Exposição bio-biblo-iconográfica do Centenário de Raul Brandão.

A funcionar nas instalações do CAR de 1966 a 1975, a Biblioteca Fixa nº 127 viria depois a ser instalada no edifício municipal dos antigos Paços do Concelho, no Largo da Oliveira, por vontade expressa da Câmara Municipal que “… em sua reunião efectuada no dia 4 do corrente mês, deliberou assumir o encargo com a instalação e manutenção da Biblioteca…” (Santos Simões, 1993), iniciando assim as suas actividades, em 12 de Maio de 1975, nas novas instalações da Domus Municipalis.

Com a inauguração da actual Biblioteca Municipal Raul Brandão, a 7 de Março de 1992, e por acordo com a Fundação Calouste Gulbenkian, todo o fundo documental da então Biblioteca Fixa n.º 127, foi integrado e disponibilizado aos leitores da nova Biblioteca Pública Municipal.
A vontade de alguns vimaranenses, instituições e associações fez com que a actual Biblioteca Raul Brandão fosse “beber“ à Biblioteca n.º 127 o exemplo e a vontade de tornar o livro e a leitura acessível a todos, de a tornar um pólo dinamizador de cultura, um centro de socialização, um espaço de fruição e prazer.
Honra seja feita a todos quantos tornaram possível fazer de Guimarães uma cidade onde o livro e a leitura fez, faz e continuará a fazer parte do quotidiano de todos nós.

vote este artigo

 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos desta categoria - Ideias

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia