As Bibliotecas e a promoção dos autores

Voz às Bibliotecas

autor

Rui A. Faria Viana

contactarnum. de artigos 12

Muitas das nossas Bibliotecas Públicas procuram desenvolver actividades que vão ao encontro da divulgação dos autores que, por razões diversas, estão associados à comunidade onde estão implantadas. Estas actividades podem ser muito diferentes mas, os concursos literários que implicam um prévio conhecimento do autor e da sua obra são muito acarinhados e até favorecidos quando se pretende projectar e perpetuar no meio aquele que se distinguiu pela obra que produziu. Exemplo disso, é o concurso designado Prémio Escolar António Manuel Couto Viana, criado pela Câmara Municipal de Viana do Castelo e cuja primeira edição teve lugar no ano lectivo de 2010/2011.

Em homenagem à vida e à obra do escritor vianense António Manuel Couto Viana (24.Jan.1923 - 8. Jun. 2010), poeta, dramaturgo, contista, ensaísta, memorialista, tradutor e autor de literatura infantil, este concurso surgiu com a finalidade de dar a conhecer a obra literária do autor e de premiar produções literárias e artísticas da população estudantil infanto-juvenil da comunidade escolar vianense, sob as modalidades de Conto, de Ensaio, de Ilustração e de Poesia.

Apoiado, desde a primeira hora, pelos Professores Bibliotecários dos estabelecimentos de ensino público e privado que, juntamente com a Biblioteca Municipal, são os dinamizadores junto das várias escolas do concelho, este concurso tem-se revelado um sucesso não só pelo número de participantes mas também pela qualidade dos trabalhos produzidos.

Com este Prémio Escolar pretende-se incentivar os alunos a mostrarem as suas qualidades literárias e artísticas, estimulando o gosto pela leitura, pela escrita e pela arte, com a realização de trabalhos criativos e inéditos, a partir da obra literária de António Manuel Couto Viana, no caso das modalidades de Ensaio e de Ilustração.

É um concurso que prevê duas fases distintas. Uma, que decorre no âmbito da Escola, com a seleção do melhor trabalho; e outra, dinamizada pela Biblioteca Municipal, em que os melhores trabalhos apresentados nesta fase final do concurso são premiados de acordo com o regulamento, depois de analisados por um júri idóneo.

Após os primeiros cinco anos de realização deste concurso (2011-2015) reuniram-se numa publicação os trabalhos vencedores nas diferentes modalidades com o objectivo de os divulgar e de os promover junto de toda a comunidade vianense. Nas cerca de 200 páginas, a cores e de aspecto gráfico atraente, os jovens criadores viram pela primeira vez um trabalho seu premiado a ser publicado numa edição cuidada e exclusivamente dedicada a esse fim como reconhecimento do trabalho realizado. Neste ano lectivo decorre a 7ª edição deste prémio cujos trabalhos vencedores, estamos certos, irão juntar-se em 2020 num novo e segundo volume, aos trabalhos dos cinco anos seguintes.

Com esta iniciativa, a Câmara Municipal de Viana do Castelo, através da sua Biblioteca, procura homenagear e perpetuar na memória dos vianenses um dos grandes nomes da literatura portuguesa, promover a criação literária e artística junto dos mais novos e responder ao Manifesto da IFLA/UNESCO sobre Bibliotecas Públicas, quando defende que “a participação construtiva e o desenvolvimento da democracia dependem tanto de uma educação satisfatória, como de um acesso livre e sem limites ao conhecimento, ao pensamento, à cultura e à informação”.

vote este artigo

 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos desta categoria - Voz às Bibliotecas

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia