Reflexão e motivação

Voz às Escolas

autor

Manuel Vitorino

contactarnum. de artigos 15

Realizaram-se no passado 26 de janeiro, as I Jornadas Pedagógicas 2016/2017 do Agrupamento de Escolas de Monserrate (AEM). Esta iniciativa, com cerca de 3 horas de duração, integra o Ciclo: Articular, diferenciar e integrar aprendizagens: questões de pedagogia curricular e organizacional.

Reflexão e motivação foi a pedra de toque para o andamento dos trabalhos. Neste primeiro momento, designado “O processo em partilha - Do Plano Nacional de Promoção do Sucesso Escolar ao Plano de Ação Estratégica / Plano de Melhoria do AEM: a experiência Turma+”, constituiu um espaço de reflexão conjunta, com professores envolvidos na metodologia Turma + e lideranças dos órgãos de gestão intermédia, como coordenadores, de departamento curricular, de ano, de estabelecimento, dos diretores de turma, delegados de grupo, membros do Conselho Pedagógico.

No enquadramento inicial, revisitamos as políticas públicas de educação e os desafios do AEM, assumindo que é possível cumprir a missão de escola pública, melhorando os indicadores do sucesso escolar, através dum ensino de qualidade para todos, garantindo igualdade de oportunidades e o aumento da eficiência e qualidade, tendo por referência as metas anuais de sucesso a atingir.

A opção da metodologia Turma+ decorre dos resultados já conhecidos da sua aplicação noutras escolas, traduzida na melhoria dos resultados académicos dos alunos, em cerca de 6%.
A modalidade de organização, para cada ano de escolaridade, consiste em criar uma turma (Turma+) sem alunos fixos, por cada 3 a 4 turmas de origem, que funciona como plataforma giratória, com a passagem temporária de todos os alunos das turmas de origem, em grupos de homogeneidade relativa.

Nesta turma são trabalhados os mesmos conteúdos programáticos das turmas de origem mas a metodologia permite maior proximidade de apoio a cada aluno e maior harmonização dos ritmos de aprendizagem, sem acrescentar horas semanais ao plano de estudos dos alunos. Ao longo do ano letivo, os alunos vão entrando ou saindo da «Turma+», consoante vão adquirindo o ritmo próximo dos seus pares que estão na turma “mãe”.

Ao longo da sessão, os professores envolvidos neste projeto, do 1.º ciclo do ensino básico, de Matemática do 5.º ano e de Físico-Química A do 10.º ano, foram apresentando as suas reflexões, nomeadamente, sobre os momentos críticos e de decisão, sobre a diferenciação pedagógica dos grupos Turma+, a gestão e articulação curricular e, sobre os processos didáticos e metodológicos.

Foram apresentados também outros dados caracterizadores do funcionamento, como as representações dos professores, alunos e pais sobre os processos de diferenciação pedagógica, a análise sobre os resultados entretanto obtidos,
i) em termos académicos,
ii) sociais,
iii) organizacionais - ganhos para as práticas docentes de articulação curricular e metodológica, no âmbito do grupo disciplinar e do Conselho de Turma.

Embora estejamos no início do processo, o entusiasmo colocado pelos intervenientes nas suas apresentações e a profundidade das reflexões suscitadas, evidencia já ganhos para toda a comunidade:
em primeiro lugar, para os alunos, que beneficiam duma intervenção precoce, operada em sala de aula, com pedagogias diferenciadas, melhorando as prestações académicas, diminuindo assim o insucesso e abandono escolares;
depois, para os docentes, que trabalham em equipa, na planificação das aulas, dos instrumentos de avaliação, numa verdadeira articulação que converge para uma supervisão pedagógica colaborativa, dentro e fora da sala de aula, não intrusiva, que conquista todos os envolvidos para a reflexão e o desenvolvimento de estratégias de mudança;
para os demais membros da comunidade educativa, que por efeito de contágio, podem vir aproveitar as boas práticas para alargar a metodologia a outros contextos educativos.
Importa salientar que o trabalho que está a ser desenvolvido no âmbito da Turma+ tem uma sequência e articulação com outros aspectos do Plano de Ação Estratégica, que contempla, entre outras dimensões, a frequência de acções de formação e de práticas de supervisão pedagógica.

vote este artigo

 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos desta categoria - Voz às Escolas

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia