Estatuto Editorial

Estatuto Editorial

O jornal ‘Correio do Minho’ orienta-se pelas seguintes directivas, tendo em conta os interesses regionais onde há dezenas de anos de se edita:

1. No seu conteúdo jornalístico atende, com prioridade, às exigências sócio-culturais, económicas, políticas e desportivas da Região delimitada pelos rios Ave e Minho.

2. Compromete-se na defesa dos interesses gerais e na promoção das aspirações legítimas e constitucionais das populações da Região do Minho.

3. Prima pelo respeito das normas constitucionais relacionadas com o Direito de Informar e o Direito à Informação, salvaguardando a independência face a quaisquer poderes, isenção e rigor, e preservando a possibilidade de expressão e confronto de diversas correntes de opinião e pensamento;

4. Assume os direitos e deveres consignados na Lei de Imprensa, no Estatuto do Jornalista, e na lei da Entidade Reguladora para a Comunicação Social, sem discriminar raças, credos ou ideologias.

5. Promove o exercício do jornalismo, como serviço público, fundado na Vida, Liberdade e Solidariedade, tendo em conta as seguintes opções estratégicas:
a) - cooperação com as escolas, desde o ensino básico ao superior;
b) - apoio continuado às actividades culturais dinamizadas por autarquias e associações;
c) - parceria privilegiada com as instituições de voluntariado social e humanitário, IPSS e ONG's.
d) - dar voz aos anseios e aspirações das forças vivas e autarquias locais;
e) - aliança com as colectividades regionais, incentivando o pluralismo das modalidades desportivas;
f) - estimular intercâmbio cultural, social e económico entre o Minho e a Galiza.

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia