Rusga de S. Vicente preserva espírito festivo das sanjoaninas

A Rusga de S. Vicente mantém-se como único grupo representativo, na cidade de Braga, de uma das características marcantes das festividades religiosas portuguesas: “uma condução artística, musical e etnograficamente atraente, em direcção à romaria”. A marca foi destacada pelo investigador José Alberto Sardinha, ontem, na 2ª edição das Conferências Rusgueiras, iniciativa promovida pela ‘Arco Cultural’, associação que agrega a Rusga e as universidades do Minho e Católica.

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia