Miguel Corais é o candidato do PS à Câmara Municipal de Braga

Braga

autor

Paulo Monteiro

contactar num. de artigos 8

Jorge Miguel Corais foi o nome escolhido para ser proposto amanhã à noite a votação para ser o candidato do Partido Socialista à Câmara Municipal de Braga, cujas eleições autárquicas se realizam, em princípio, em finais de Setembro, princípios de Outubro - 24 de Setembro ou 1 de Outubro são as datas mais prováveis e as que reúnem mais consenso mas, esta decisão, caberá ao primeiro-ministro António Costa.
Ao que tudo indica o nome de Miguel Corais será aprovado por maioria uma vez que, recorde-se, é o actual número 2 da lista vencedora das últimas eleições para a concelhia socialista, liderada por Artur Feio.
Segundo fonte bem colocada no partido o candidato é “a melhor escolha uma vez que é um candidato de futuro. É jovem e tem grande potencial para construir o seu percurso e vir a ser presidente da autarquia”. Segundo a mesma fonte, que liderou o processo, a visão do actual secretariado passa por uma solução com futuro para o PS de Braga. Recorde-se, também, que Miguel Corais fez parte da lista socialista candidata às últimas eleições autárquicas então liderada por Vítor Sousa tendo perdido para Ricardo Rio, actual presidente da Câmara.
Entretanto, segundo conseguimos apurar, nunca estiveram em cima da mesa outros nomes, nomeadamente o de Marcelino Pires, histórico socialista de Braga que chegou a ser líder da Assembleia Municipal e ex-governador Civil de Braga. No entanto, há alguns meses atrás, chegou a ser feito um estudo de opinião para ajudar a esclarecer e a formar uma posição em relação ao futuro candidato. Nesse estudo estiveram os nomes de Palmira Maciel e Hugo Pires (ambos vereadores na oposição na actual câmara), Artur Feio (actual líder da Concelhia) e de Tarroso Gomes, outro histórico socialista. Ao que apuramos, a melhor votação seria mesmo a deste último mas com uma diferença de 2% em relação ao melhor dos outros, e, entre estes, apenas um ponto percentual os separava. Daí que, quem conduziu o processo, tivesse optado pela aposta num candidato jovem e de continuidade.
O nome de Miguel Corais surge também pelo excelente trabalho que efectuou enquanto administrador do Parque de Exposições de Braga.
Aliás, trabalho que o levaria posteriormente a ser um dos candidatos a vereador, cargo que ainda assumiu, na oposição, mas que abandonaria meses depois para começar a trilhar um percurso próprio com o objectivo de concorrer à liderança do partido. Recorde-se ainda que Corais acabou por chegar a acordo com Artur Feio e fundiram candidaturas para juntos se candidatarem à Concelhia de Braga do PS tendo então ganho com 58,07% dos votos e derrotado Rui Dória, o outro candidato. A votação acabou por dar 36 mandatos a Artur Feio na Comissão Política e 25 para a lista Dória.

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos das categorias relacionadas

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia