Plataforma da UMinho considerada “exemplar” pela Comissão Europeia

Ensino

autor

Redacção

contactar num. de artigos 34728

A Comissão Europeia distinguiu a Plataforma Internacional Fibrenamics, da Universidade do Minho (UMinho), como “exemplo de boas práticas” na “promoção de uma relação de cooperação” entre o Ensino Superior e o meio empresarial, anunciou ontem a academia.

Em comunicado enviado à Lusa, a UMinho explica que “todas as actividades e trabalho que a Fibrenamics tem levado a cabo, no que respeita à transferência de conhecimento e tecnologia junto do meio empresarial, permitiram que a Comissão Europeia, no âmbito do estudo que tem vindo a realizar acerca do trabalho de cooperação existente entre as instituições de ensino superior e as empresas, a seleccionasse como um modelo a seguir a nível Europeu”.

Segundo a academia minhota, “a Fibrenamics desenvolve todos os dias investigação fundamental ao mais alto nível na área das fibras”, trabalhando directamente com empresas a nível nacional e internacional no desenvolvimento de “produtos inovadores, e assume a organização de iniciativas que promovem a discussão sobre temáticas emergentes e o ‘networking’ entre o meio científico e empresarial”.

Para a Fibrenamics, salienta o texto, é ainda “ponto fulcral” a preocupação com o “desenvolvimento e envolvimento da sociedade” procurando “dar a conhecer de forma simples e completa o que de mais inovador tem sido criado e que repercussões é que esses desenvolvimentos poderão trazer para a sociedade”.

A UMinho explica que o estudo da Comissão Europeia teve por objectivo “obter uma compreensão mais profunda, abrangente e actualizada sobre o estado da cooperação entre as universidades e as empresas na Europa”, tendo como referencia a avaliação do estado de actuação desta cooperação nos diferentes países, a definição dos principais factores e barreiras para as diferentes partes interessadas e a averiguação do tipo de medidas/iniciativas que existem a nível regional/nacional para apoiar o desenvolvimento da cooperação entre as universidades e as empresas.

“A cooperação Universidade-Empresa é considerada o motor para sociedades e economias baseadas no conhecimento, sendo por isso, especialmente necessária no contexto europeu, que se encontra ameaçado pelo aumento da concorrência global, com questões económicas em curso e altos níveis de desemprego”, lê-se.

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos das categorias relacionadas

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia