Bienal de Pintura é plataforma de lançamento de novos artistas

Braga, Cávado, Vale do Ave, Alto Minho, Nacional

autor

Redacção

contactar num. de artigos 34728

Os artistas que desejem participar na XII Bienal de Pintural do Eixo Atlântico têm que entregar as obras até ao próximo dia 14 de Setembro. A bienal de pintura “converteu-se durante estas duas décadas numa das três com mais participação da Península Ibérica e uma referência a nível europeu porque é a única mostra pictórica de carácter transfrontei- riço que valoriza a criação cultural dos artistas de dois países na perspectiva da promoção dos territórios criativos e da indústria cultural”, adianta fonte do Eixo Atlântico.

A Bienal de Pintura é organizada pelo Eixo Atlântico, com a colaboração das entidades Fundação da Juventude e Xunta de Galicia, através da Secretaria Xeral de Cultura e da Dirección Xeral de Xuventude e Voluntariado.

Podem concorrer ao certame todos os artistas da euro-região com uma única obra de pintura original e inédita que não tenha sido exposta nem apresentada anteriormente em nenhum outro certame ou concurso.

Toda a informação necessária para participar no certame poderá ser consultada na página web.
Uma vez encerrada a recepção das obras, o júri seleccionará as 30 propostas finalistas que configurarão o catálogo digital desta edição e integrarão a colecção itinerante para as sucessivas exposições que, terão lugar em cidades galegas e portuguesas pertencentes ao Eixo Atlântico.
A decisão do júri será divulgada publicamente no dia da inauguração da exposição, quando também serão entregues os prémios aos galardoados.
Conceder-se-á um prémio Eixo Atlântico à melhor obra do certame, com um valor de 3.000 euros e dois segundos prémios de 1.500 euros cada um, à melhor obra de autor português e à melhor obra de autor galego respetivamente.

Também se concederá o prémio ‘Novos Talentos Luso - Galaicos’ para novos artistas com idades compreendidas entre os 16 e os 25 anos, inclusive, com um valor de 1.500 euros.
Além disso, será editado um catálogo de tiragem limitada com todas as obras selecionadas que também poderá ser descarregado na página web do Eixo Atlântico ou através de um código QR que estará disponível nos lugares de exposição.

“Durante este tempo a mostra deu a conhecer artistas que hoje são já uma referência no âmbito cultural como é o caso de Berta Álvarez Cáccamo, Pedro Proença ou José Luis Otero, e também serviu de plataforma de lançamento para novos artistas que nunca tiveram a possibilidade de dar a conhecer as suas obras através da exposição itinerante que percorre várias cidades da euro-região”, acrescenta a mesma fotne do Eixo Atlântico.

De destacar que as obras vencedoras de cada edição ficam na propriedade do Eixo Atlântico, com as quais se está a compor uma colecção que reflita a criação pictórica da euro-região durante estas últimas duas décadas e que se prevê seja aberta ao público em alguma das cidades do Eixo Atlântico.

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia