Coligação Juntos por Braga com vitória demolidora

Braga

autor

Rui Miguel Graça

contactar num. de artigos 424

A coligação Juntos por Braga venceu as eleições autárquicas 2017 e reforçou os resultados que alcançou há quatro anos atrás. Ricardo Rio vai continuar à frente dos destinos dos bracarenses para os próximos quatro anos, depois de ter vencido 2013. Os resultados da última noite eleitoral provaram a satisfação dos bracarenses em torno dos últimos quatro anos liderados por Ricardo Rio. Aliás, a coligação ‘Juntos por Braga’ amplia a maioria absoluta em todos os níveis. Aliás, trata-se mesmo de um dos melhores resultados de sempre obtidos em Braga. Aliás para a direita é mesmo o melhor e está ao nível da melhor de todos os tempos.

Do lado oposto surge a candidatura do PS, liderada por Miguel Corais, que teve os piores números de sempre da história dos socialistas em Braga. Depois da era de Mesquita Machado, Vítor Sousa, há quatro anos, conseguiu números melhores do que Miguel Corais agora em 2017. A tentativa de renovação por parte dos socialista não resultou, tendo mesmo o partido perdido um vereador agora em 2017.

Por último, destaque novamente para a eleição de Carlos Almeida como vereador do município bracarenses, com o jovem bracarense da CDU a conseguir bisar em duas eleições consecutivas. A esperança de eleger um segundo vereador não foi alcançado, tal como Paula Nogueira (Bloco de Esquerda) e Armando Caldas (Nós, cidadãos!) não conseguiram chegar à eleição.

No que diz respeito à Assembleia Municipal, a Coligação Juntos por Braga conseguiu alcançar o seu objectivo de garantir a maioria de mandatos, com 20 eleitos, contra 12 do PS, quatro do PCP e 2 do Bloco de Esquerda. A Coligação conquista mais dois eleitos relativamente às últimas eleições, uma conquista directa ao PS que perdeu dois elementos.

Já o PCP mantém o mesmo número de eleitos, enquanto o BE, acaba por herdar os dois eleitos que pertenciam ao CEM. Com estes resultados, Hortense Santos tem todas as condições para ser reeleita como presidente da Assembleia Municipal de Braga. Recorde-se que nas últimas eleições autárquicas (2013), Hortense Santos tinha sido a primeira mulher a ser eleita para a presidência da assembleia. Ao Correio do Minho, Hortense Santos mostrou-se “muitos satisfeita com os resultados alcançados”, afirmando-se ainda preparada para “mais quatro anos a liderar a assembleia”, como tudo indica que venhar a acontecer.

Esta maioria da Coligação Juntos por Braga será agora reforçada com a entrada por inerência dos presidentes de juntas e uniões de freguesia para a Assembleia Municipal, uma vez que foram maioritariamente eleitos pela Coligação.

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos das categorias relacionadas

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia