Orgulho de ser arcuense marca projecto(s) para o concelho

Cávado

autor

Teresa M. Costa

contactar num. de artigos 2458

O presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, João Manuel Esteves, reiterou ontem o compromisso de prosseguir o projecto de desenvolvimento sustentável para o concelho.
João Manuel Esteves foi ontem empossado para o seu segundo mandato, na sessão de instalação dos órgãos municipais de Arcos de Valdevez que decorreu na Casa das Artes e que contou com alguns dos ‘novos rostos’ das autarquias no Alto Minho como o presidente da Câmara Municipal de Ponte da Barca, Augusto Marinho.
O presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez realçou os resultados eleitorais, lembrando: “os arcuenses renovaram a confiança em nós e reforçaram a maioria nos órgãos municipais e na quase totalidade das juntas de freguesia” o que “aumenta a responsabilidade e o trabalho” acrescenta.
João Manuel Esteves deu garantias de uma “equipa dinâmica e motivada e imbuída de cultura de serviço”.
O presidente reeleito está disposto a “trabalhar com todos”, e neste contexto, espera “”uma atitude responsável e construtiva da oposição”.
Aos eleitos para as juntas de freguesia, o edil apela a uma estreita de cooperação. “Conto com todos” afirmou, aludindo à delegação de competências nas juntas de freguesia.
Ainda em relação às juntas de freguesia, o autarca destacou que já são sete as mulheres a presidir a juntas, a que se somam três vereadoras no executiva e um grande número de deputadas à Assembleia Municipal.
João Manuel Esteves sublinhou, também, que o programa sufragado pelos eleitores no passado dia 1 de Outubro “resultou de um processo participado”.
O presidente da Câmara reconhece que “o concelho mudou muito e mudou para melhor”, o que atribui a uma “gestão responsável e transparente” que permitiu “melhorar a qualidade de vida em todo o concelho”.
Em jeito de balanço, João Manuel Esteves apontou as intervenções realizadas em todo o concelho e em todos os domínios, desde a educação ao património, passando pelo turismo, assumindo que “todo este trabalho tem sido possível graças ao envolvimento activo e próximo dos arcuenses”.
No mandato que agora se inicia, o presidente da Câmara aposta num projecto em que “a cultura milenar coexiste com a modernidade que nos abrirá o futuro”.
João Manuel Esteves traça como objectivo um “concelho mais solidário, mais próximo e mais atractivo” que valorize a património ambiental e histórico”.
O edil quer continuar a exaltar o “orgulho de ser arcuense e a lealdade à história” como “elementos essenciais para a construção do futuro”.
João Manuel Esteves está, também, atento a desafios intermunicipais que se coloca ao Alto Minho como a descentralização com os meios financeiros adequados e a reprogramação do quadro comunitários.

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos das categorias relacionadas

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia