Abel Ferreira: “Cada jogo é uma oportunidade e este é mais um desafio”

Desporto

autor

Paulo Machado

contactar num. de artigos 546

O SC Braga está apostado em ultrapassar a derrota da semana passada para a Liga Europa e é nesse sentido que todas as atenções estão voltadas para o jogo de hoje com o Moreirense (19 horas), a contar para a Liga portuguesa. Abel Ferreira considerou que o SC Braga pratica um futebol de equipa ‘grande', o que acarreta riscos, mas o apoio dos adeptos, mesmo nas derrotas, suporta essa sua ideia de jogo.

“No final do último jogo, contámos com o apoio dos adeptos [apesar da derrota] e isso dá-nos muito alento. Acredito que, jogando bem, estamos mais próximos de vencer e fazer uma boa época. Somos uma equipa jovem, das que tem rodado mais jogadores, temos uma forma de jogar arriscada e de equipa ‘grande', mas prefiro ter 33 golos em 18 jogos, mesmo sabendo que te-mos 22 sofridos, esta é a nossa proposta de jogo”, explicou.

O treinador, que falava na conferência de imprensa de antevisão da deslocação ao terreno do Moreirense, admitiu que as derrotas de sábado do Rio Ave (sexto classificado) e do Marítimo (quarto) são um factor de motivação para o jogo com os ‘cónegos’. “Cada jogo é uma oportunidade e este é mais um desafio para crescer como equipa e individualmente. [Esses resultados] São seguramente um fator extra de motivação para o jogo de amanhã [hoje]”, disse.
Abel Ferreira anteviu uma partida com o Moreirense “a procurar controlar os espaços” e o Braga a “controlar a bola”.
“Vai ser este o dilema que vamos ter que superar”, explicou.

O treinador falou nas “dimensões reduzidas” do campo do Moreirense e que a equipa orientada por Manuel Machado “já criou muitas dificuldades a uma equipa grande” [1-1 com o Sporting], pelo que o Sporting de Braga terá que ser “rápido e agressivo” e estar prevenido para as transições ofensivas do adversário.
Segundo o técnico, a equipa “tem vindo em crescendo” e nem a derrota de quinta-feira para a Liga Europa (2-0 com os búlgaros do Ludogorets) lhe retira confiança. “Faço aquilo em que acredito, não vamos vencer sempre, mas vamos lutar sempre para vencer”, disse em relação à derrota no jogo da Liga Europa.

O presidente do clube, António Salvador, esteve no balneário ao intervalo do jogo para as competições europeias, situação que Abel Ferreira considerou “natural”.
“O presidente está connosco nos treinos, nos estágios, no início e no intervalo dos jogos, é prática. É um presidente assíduo, atento, ambicioso, tal como a equipa. Sei que ele quer muito triunfar, mas não quer mais do que nós”, disse.
Dyego Sousa fica de fora do jogo, lesionado, mas Abel Ferreira considerou ter soluções internas, ainda que não com as mesmas características.
O jogo será arbitrado por Jorge Sousa, da Associação de Futebol do Porto.

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos das categorias relacionadas

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia