SC Braga vence Desportivo de Chaves com golo de Bruno Viana

Desporto, Braga

autor

Carlos Costinha Sousa

contactar num. de artigos 814

Em dia soalheiro e no regresso do futebol ao domingo à tarde no Estádio Municipal de Braga, os Guerreiros do Minho conquistaram um importante triunfo sobre o Desp. Chaves, pela margem mínima, mas que permite ao SC Braga manter-se no quarto lugar da I Liga.

Ainda que tivesse terminado sem golos no marcador, a primeira parte decorreu de forma bastante animada, com vários lances em que a bola rondou as duas balizas e o golo gritou-se nas bancadas pelo menos por duas vezes, em dois lances em que o SC Braga esteve muito perto de inaugurar o marcador.

O duelo entre bracarenses e flavienses decorreu, durante os primeiros 45 minutos, sempre com sinal mais para o SC Braga, que assumiu as despesas do jogo perante uma formação do Chaves que estava nitidamente organizada para o contra-ataque, mantendo-se muito fechada no seu sector mais recuado e na expectativa. Apenas em lances de bola parada e em escassas jogadas o Chaves conseguiu aproximar-se da baliza de Matheus.

Já os bracarenses tiveram uma série de oportunidades para marcar, mas a pontaria nunca foi a melhor e os remates saíram sempre um pouco desviados da baliza. A excepção aconteceu aos 20 minutos quando a bola fez mesmo balançar as redes da baliza do Chaves, mas Raúl Silva estva em fora-de-jogo quando fez o desvio ao remate de Hasssan.

E o intervalo chegou sem alterações no marcador, mas com o SC Braga a realizar uma boa exibição e a pecar apenas na finalização.

No reatar da partida, e apesar de parecer que o SC Braga não tinha entrado tão forte, o golo bracarense surgiu logo aos 57 minutos, na sequência de um pontapé de canto. Jefferson apontou ao segundo poste onde Bruno Viana saltou mais alto que toda a oposição e cabeceou para a festa nas bancadas.

Depois do golo, quando se pensava que o SC Braga ia avançar para procurar uma vitória mais folgada, a verdade é que o jogo perdeu muita qualidade e velocidade, com os bracarenses sempre no comando, sem terem a sua vantagem sequer ameaçada, com o Chaves praticamente inexistente nos segundos 45 minutos. No entanto, e apesar do domínio que tinha, o SC Braga também não forçou muito sobre a defesa adversária e o triunfo pela margem mínima confirmou-se e confirmou também o quarto lugar dos bracarenses.

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia