‘S. Martinho nas Terras do Gerês’ pretende alavancar turismo de Terras de Bouro

Cávado

autor

Patrícia Sousa

contactar num. de artigos 1805

“Promover os produtos locais e as tradições, aproveitando para alavancar e elevar, mais uma vez, o turismo em Terras de Bouro” é o que se pretende com a XVII Feira-Mostra de S. Martinho nas Terras do Gerês, que se realiza de amanhã até à próxima segunda-feira no centro da vila. Para o presidente da Câmara Municipal de Terras de Bouro, Manuel Tibo, espera-se “atrair milhares de visitantes” por estes dias, permitindo “provar a qualidade” dos produtos e “desenvolver o comércio local, que é fundamental neste tipo de iniciativas”.

A novidade desta feira-mostra, que foi apresentada ontem nos Paços do Concelho de Terras de Bouro, é a realização do I Concurso de Mel das Terras do Gerês. “Vamos receber inscrições para o concurso até ao início da feira-mostra. Pode concorrer quem quiser, mesmo sendo de fora do concelho, porque a ideia é promover o mel e conhecer Terras de Bouro e o Gerês”, sublinhou o presidente da autarquia, acreditando que este concurso “vai acrescentar muito valor” a esta feira-mostra.

O certame vai contar com a participação de 50 stands. Além da castanha, não vão faltar outros produtos regionais e locais, bem como outro tipo de comércio.
Paralelamente à feira-mostra, a organização vai proporcionar um programa paralelo de animação (ver caixa), com destaque para a desfolhada, o magusto, o folclore, as corridas de cavalo e os grupos musicais.

Parceira do certame, a Associação de Desenvolvimento das Terras Altas do Homem, Cávado e Ave (ATAHCA) também esteve representada na conferência de imprensa pelo presidente. Mota Alves admitiu que o que se pretende com esta feira-mostra “é atrair pessoas ao concelho para conhecerem o que de muito bom se faz aqui”.

A par da castanha, não vão faltar vários tipos de fruta e a própria gastronomia de Terras de Bouro. E aqui, Mota Alves fez referência ao cabrito de Terras de Bouro, já que é “um território de excelência de produção de cabrito”, esperando-se que esta feira-mostra “ajude a alavancar esta pequena economia para que no final, a população diga que vale a pena continuar a viver e a produzir em Terras de Bouro”.

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos das categorias relacionadas

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia