Encontro intergeracional ajuda a manter tradição do Magustão de S. Martinho

Braga

autor

Patrícia Sousa

contactar num. de artigos 1809

“No dia de S. Martinho vai à adega, prova o teu vinho e faz um magustinho!”

A tradição voltou a cumprir-se e os mais novos juntaram-se aos seniores para celebrar mais um S. Martinho. O Magustão animou o Campo da Vinha durante a tarde de ontem e promete mais castanhas e água pé, hoje à tarde, para toda a população.
A iniciativa do pelouro liderado pelo vereador Altino Bessa conta com a participação da Quinta Pedagógica de Braga e a Associação de Artesãos do Minho. “Preservar a tradição do magusto, promovendo o encontro intergeracional continuam a ser os objectivos desta iniciativa”, assumiu o vereador Altino Bessa.
A festa continua hoje, a partir das 15 horas, para o público em geral. “Nos últimos anos, centenas de pessoas têm participado e se juntado a nós. Esta é uma forma simples de manter as tradições e de relembrar aos mais velhos”, referiu ainda o vereador, destacando o facto de se valorizar aqui o Campo da Vinha. “O nosso pelouro dirá com grande satisfação que descentralizamos algumas actividades. O Campo da Vinha estava esquecido pela anterior gestão camarária e tentamos revitalizar esta zona, porque é importante para criar outras sinergias e outras dinâmicas fundamentais para os comerciantes”, defendeu o vereador.
A par do lado mais cultural desta actividade, importa aqui também valorizar os produtos da terra. “Temos protegido os castanheiros, lançado um insecto que combate a própria galha que ataca os castanheiros”, informou aquele responsável.
O Magustão conta sempre com a parceria da Associação dos Artesãos do Minho. “Temos aqui alguns stands que retratam as actividades económicas ligadas à terra e também algum artesanato”, contou Altino Bessa, destacando aqui os enchidos, as carnes salgadas, os fumeiros, as frutas e os legumes.
Para o presidente da associação, José Torres, o importante aqui “é promover o encontro intergeracional, mantendo uma tradição”.
Também Natália Costa da Quinta Pedagógica de Braga assumiu que esta actividade vai ao encontro de dois grandes objectivos daquela estrutura: “recriar as tradições minhotas e promover o convívio intergeracional”.

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos das categorias relacionadas

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia