‘Delícias do Sarrabulho’ esperam visita na Expolima

Alto Minho

autor

Rui Serapicos

contactar num. de artigos 682

A organização espera chegar aos 50 mil o número de visitantes que vão à procura do arroz de sarrabulho, porco bísaro, enchidos e queixos, regados a vinhão, carregado de casta tintureira, propostas da ‘Feira do Porco e Delícias do Sarrabulho’.
A patanisca de enchido é um dos petiscos que aguardam visita, abrigados sob um tolde de uma tenda aquecida, com animação musical no recinto da Expolima.

Ao lado, em pavilhões cobertos, há uma mostra com produtos de artesanato, onde se notam, entre outras novidades, porta-moedas inspirados em lenços dos namorados. Também há espaços expositivos ocupados por instituições de solidariedade, como a AAPEL — Associação dos Amigos da Pessoa Especial Limiana, com um stand a vender compotas, laranjas e frutos secos.

Arroz em processo de certificação

Ontem, na abertura, o presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima, Victor Mendes, em declarações aos jornalistas confirmou o apoio da autarquia ao processo que decorre de certificação do arroz de sarrabulho. “Essa medida, assim como a feira que ontem abriu, insere-se numa estratégia de desenvolvimento e valorização do mundo rural”, afirmou.

O edil admitiu que o processo de certificação, promovido pela Escola Superior Agrária de Ponte de Lima, “como tudo neste país, é lento”.
Vincou que no concelho o sector da gastronomia gera cerca de 500 postos de trabalho directos.

“Para comer, as pessoas aparecem”

O empresário Agostinho Gomes, da Ancoreventos, entidade que organiza em Ponte de Lima a ‘Feira do Porco e das Delícias do Sarrabulho’, em declarações ao CM frisou que neste sector “não se sente tão directamente a conjuntura de crise”.
Assim, entre outros eventos a confirmar na agenda, garante que vai voltar a organizar em Junho, em Vila Praia de Âncora, a Festa do Mar e da Sardinha.
“Quando é para comer, as pessoas aparecem”, afirmou, reconhecendo que talvez o artesanato não se venda tanto.

Hoje às 11h00 apresenta-se livro ‘Sarrabulho de Ponte de Lima...’

Hoje a Feira abre às 10h00, seguindo-se às 11h00 uma apresentação do livro ‘Sarrabulho de Ponte de Lima: a Gastronomia da Tradição’. Para o meio dia está anunciada a entrada da Rusga dos Amigos de Arcozelo e às 16h00 matança do porco, animada pelo grupo de música tradicional ‘Vozes do Lima’ da Gemieira e pelas 19h30 segue-se uma actuação da Associação de Tocadores de Concertina.

O encerramento está previsto pela meia noite. Amanhã, a feira volta a abrir pelas 10h00, seguindo-se às 11h00 actuações do Grupo de Bombos de Fornelos e ao meio dia do Grupo de Música Popular da Feitosa. Pelas 16h00 actua a Rusga de Beiral do Lima e às 22h00 a feira encerra.
À venda no local encontram-se chouriças de carne e salpicão à Serra d’Arga, chouriço de cebola, lombo e barriga fumada, presuntos e morcela com arroz de sarrabulho — considerada este ano a grande novidade — enchido de baixo teor de sal para degustar grelhado ou cozido.

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos das categorias relacionadas

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia