10.º Encontro Luso-galaico de BTT reuniu milhares de pessoas em Esposende

Desporto

autor

Redacção

contactar num. de artigos 32030

A edição mais concorrida de sempre. Foi assim o 10.º Encontro Luso-galaico de BTT do Município de Esposende, que decorreu nos dias 21 e 22 de Abril, com a participação de aproximadamente 3 000 atletas, numa organização da Câmara Municipal de Esposende e da empresa municipal Esposende 2000, em colaboração com diversas associações concelhias.

Uma vez mais ficou provado que este é um dos maiores eventos de BTT do Norte do país, atraindo participantes de diversas localidades e muitos espanhóis, sobretudo da vizinha Galiza, e, consequentemente, muitos visitantes.

Nelson Sousa, de Barcelos, (3:01:28) foi o vencedor da Maratona, a principal prova do encontro, disputada ao longo de 70 quilómetros. Em 2.º lugar ficou José Rodrigues, de Guimarães, (3:05:55) e o 3.º classificado foi João Marinho, de Amarante (3:08:04).

Em femininos, Marina Leitão, de Águeda, classificou-se em 1.º lugar (4:06:26), em 2.º lugar ficou Ester Alves, da Póvoa de Varzim (4:10:52) e em 3.º ficou Patrícia Almeida, de Antas (4:21:30).

Relativamente à Meia Maratona, prova de 35 quilómetros, o vencedor foi João Silva, de Esposende, (1:47:19). Em 2.º lugar ficou Abel Machado, de Esposende, (1:50:57) e em 3.º classificou-se Nelson Costa, de Ponte de Lima (1:54:03).

Quanto aos femininos, a vencedora foi Liliana Couto, de Santa Maria da Feira (2:08:41), em 2.º lugar ficou classificada Susana Santos, de Vila do Conde (2:18:09) e no 3.º posto ficou Cristina Vilas Boas, de Barcelos (2:34:50).

Pelo segundo ano consecutivo, realizou-se a Maratona Extreme, uma prova de dificuldade elevada, que decorreu em duas etapas, ao longo de 190 quilómetros, abrangendo os concelhos de Esposende, Ponte de Lima, Caminha e Viana do Castelo. O vencedor desta prova foi André Alves, de S. Romão do Neiva, o 2.º lugar coube a Marco Martins e o 3.º a Francisco Rosa. Nos femininos, venceu Maria de Fátima Melo, a segunda classificada foi Sandra Guedes e o 3.º lugar coube a Isabel Cristina Torres.

Ao Concurso BIT (Bicicletas Incrivelmente Transformadas) concorreram quinze projectos, sendo que o 1.º lugar coube ao “BIT Bombeiros”, da Escola EB 2,3 António Correia de Oliveira, de Esposende. Em 2.º lugar ficou o projecto “DunaRoller”, da Dunar, e o 3.º lugar foi para a “Bike Chopper”, de Hugo Samuel Gorita.

Para além das provas de BTT, o programa do Encontro Luso-galaico incluiu também o Passeio Júnior, um passeio familiar, com um nível de dificuldade baixo, que decorreu no passado dia 21, ao longo de um percurso de cerca de 25 quilómetros.

A edição deste ano contou também com concentração de bicicletas clássicas, onde foi possível apreciar verdadeiras relíquias de duas rodas. A pensar nos acompanhantes dos atletas e nos milhares de pessoas que vieram até Esposende este fim-de-semana, foi realizado um roteiro de visita pelo concelho e uma caminhada pela restinga, tendo ainda estado a funcionar o espaço Kids Camp, para os mais pequenos.


*** Nota do gabinete de Comunicação e Imagem da CME ***

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos das categorias relacionadas

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia