Póvoa de Lanhoso: ‘Bacalhau assado com batata a murro’ é o prato ilustre do restaurante Victor

Economia

autor

Redacção

contactar num. de artigos 32066

O ‘Bacalhau Assado com Batata a Murro’ é o prato que mais e melhor tem promovido o restaurante Victor ao longo dos anos e que continua a atrair clientes, amigos e muitas figuras públicas a S. João de Rei, na Póvoa de Lanhoso. O certo é que, quem já por ali passou, voltou de novo se deleitar mais uma e outra vez.

Aos 77 anos, Victor Peixoto - o proprietário do restaurante Victor - recorda os tempos em que o negócio estava nas mãos de seu pai, João Peixoto, embora na altura estive convertido na forma de taberna/mercearia. Foi aí que Victor deu então os primeiros passos, trabalhando ao lado do pai desde os 10 anos de idade, onde aprendeu a arte de bem servir e agradar à clientela, cimentando o gosto e a paixão pela restauração. ‘Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades’ - lá diz o velho ditado - e ao chegar aos 30 anos, Victor pediu ao pai autorização para reformular o espaço, deixando-o instalar ali um restaurante, que depressa ficou famoso pelas iguarias servidas, entre as quais o bacalhau.

A visão de Victor no início da década de 70 deu-lhe o nome que todos conhecem e garantiu-lhe sucesso esmerado pela vida fora. Hoje continua a trabalhar no seu resturante, mas agora com o apoio de uma equipa muito especial: as suas duas filhas, Angelina e Olga de seu nome, que herdaram do pai, e também do avô João, o gosto pela gastronomia e restauração, dando continuidade ao negócio familiar.

Eusébio, Luís Filipe Vieira, Jorge Amado, Ana Bustorff, Maria João Abreu e João Raposo, Norton de Matos, Fernando Mendes constam na lista das muitas e muitas personalidades famosas que já tiveram o prazer de apreciar o bacalhau assado do Victor. Escritores, pintores, futebolistas e treinadores, cantores e artistas, muitos empresários têm aproveitado para degustar os pratos do Vítor, sempre que a vida os encaminha numa visita ao Minho.

“Temos clientes vindos de todo o lado, Lisboa, Porto, Braga e até de lá de fora, que nos visitam sempre que podem. Para mim todos os clientes que nos visitam são amigos. Há muitos que nos acompanham há muitos anos e que nós fazemos questão de continuar a tratar sempre com toda a qualidade e amizade também”, confessou Victor Peixoto.

Embora o ‘Bacalhau Assado com Batata a Murro’ seja o prato que marcou a diferença e lhe trouxe fama, o certo é que há outras iguarias, igualmente maravilhosas, para degustar no restaurante Victor: uma delas é a saborosa costeleta de vitela e outra o divinal cabrito (feito por encomenda). É verdade que o ‘mundo pula e avança’, mas o bacalhau continua a ser o grande cabeça-de-cartaz do Victor, continuando a ser a sua maior atracção gastronómica.

Na opinião do proprietário do estabelecimento, há mais segredos para o sucesso do projecto. “É muito importante ter uma boa garrafeira. O vinho verde é o nosso ex-libris, tanto tinto como o branco, mas fazemos questão de ter cá também os melhores vinhos de cada região do país, do Douro, Aletejo e Bairrada”.

Quanto às dificuldades de hoje em dia, Victor Peixoto indica que o seu restaurante mantém os mesmos preços desde há cinco, seis anos, considerando que o grande problema “é a diminuição do poder de compra” dos clientes. “Continuam a vir cá, sobretudo ao fim-de-semana (funcionamos muito por reservas), e ficamos muito felizes pela sua preferência”.

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos das categorias relacionadas

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia