Música: 'Zaide', ópera inacaba de Mozart sobe ao palco na Corunha

autor

Lusa

contactar num. de artigos 45512

A ópera 'Zaide' é uma nova produção com direcção de Graham Vick para o Festival Mozart na Galiza que utiliza como cenário uma obra de construção civil para “dar contemporaniedade' ao trabalho inacabado do compositor austríaco do século XVIII.

Os andaimes, carrinhos de mão, areia e escadas, que marcam o cenário do Teatro Colón, onde a ópera estreou quinta-feira, com récitas repetidas sábado à noite e hoje à noite, servem ainda para fazer um 'paralelismo' com a partitura inacabada de Mozart, disse à Agência Lusa Graham Vick.

Dividida em dois actos, esta ópera com libreto de Johann Andreas Schachtner e dramaturgia e texto de Italo Calvino que já tinha sida posta em cena por Graham Vick em 1981 no Convento di Santa Croce, em Batignano (Itália), introduz um narrador, personagem fundamental no espectáculo.

Da ópera inacabada de Mozart, dividida em dois actos e com 15 peças musicais, Graham Vick elabora um espectáculo em torno do narrador, representado pelo actor espanhol Hélio Pedregal, e que, segundo o director artístico, dá 'coerência' ao espectáculo.

'Zaide' (Das Serail), interpretada pela soprano italiana Annamaria Dell´Oste, conta uma história de aventuras mas o tema central da ópera é o amor que o sultão Soliman, interpretado pelo tenor dinamarquês Sune Hjerrild, nutre pela sua escrava favorita, Zaide, uma jovem europeia raptada por piratas e vendida como escrava, que entretanto se apaixona pelo escravo de origem nobre Gomatz, personagem incarnada pelo jovem tenor chinês Shi Yijie.

Ao longo do espectáculo o narrador vai descrevendo todas as peripécias que envolvem a fuga de Zaide e Gomatz, que depois são capturados e entregues ao sultão por Osmin, um temido guarda, interpretado pelo barítono espanhol César San Martín, e por Allazim, interpretado pelo barítono alemão Stephan Genz.

Quando os amantes são entregues ao sultão, o narrador avança com uma série de hipóteses, todas centradas na personagem de Allazim, sendo que uma delas permite que Zaide e Gomatz acabem juntos.

Com cenografia e figurino de Dan Potra, iluminação de Giuseppe Di Iorio, movimento cénico de Ron Howell, e música interpretada pela Orquestra Sinfónica de Galicia, sob a batuta do maestro britânico Jonathan Webb, 'Zaide' repete hoje à noite o último espectáculo desta ópera apresentada no âmbito do Festival Mozart, na Corunha.

O Festival, cujo director artístico é Paolo Pinamontié, começou dia 21 de Maio e termina a 28 de Junho, com o patrocínio da Xunta de Galicia, do Ayuntamiento de A Corunha, da Deputacion da Corunha e da Fundacion Galicia.

Grahma Vick, que este ano é homenageado no festival, leva à Corunha mais duas produções de ópera: 'Mitridate Re di Ponto', de Mozart, e 'Werther', de Jules Massenet, que já foi apresentada no São Carlos, em Lisboa, e em cujo elenco pontua o tenor português Carlos Guilherme.

Depois das récitas de 'Mitridate Re di Ponto', nos dias 21 e 23 de Maio, no Palácio de La Ópera, e de 'Zaide', dias 28, 30 e 31 de Maio, no teatro Colón, é a vez de 'Werther' subir ao palco do Palácio de La Ópera, dias 13 e 15 de Junho.

Além dos sete espectáculos de ópera, o programa do Festival Mozart integra ainda três concertos pela Real Filarmonía de Galicia e pela Orquestra Sinfónica de Galicia e quatro concertos de música de câmara.

Três recitais, ópera em família, Las Matines del Festival no Museu de Belas Artes, uma homenagem a Graham Vick, considerado pela crítica um dos principais directores de ópera a nível mundial, ópera no cinema são as restantes iniciativas do programa do festival.

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Tempo

Farmácias de serviço

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia